sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Em cartaz no Cine Sesc o indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro: O ABRAÇO DA SERPENTE


Dia 28 de setembro o projeto Cine Sesc em parceira com o Cine Oca exibe no Audicine Sesc Esplanada o longa O ABRAÇO DA SERPENTE, indicado ao Oscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro em 2016.

Com crítica positiva da Variety, The Hollywood Reporter e The Playlist o filme de 125 min. conta a história de Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, agora como último sobrevivente de seu povo, vivendo em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão terminam quando quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta capaz de ensinar a sonhar. O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.

Dirigido por Ciro Guerra que também assina o roteiro com Jacques Toulemonde Vidal conta com Antonio Bolivar, Brionne Davis, Jan Bijvoet, Luigi Sciamanna Nicolás Cancino, Nilbio Torres, Yauenkü Migue no elenco. O filme tem classificação indicativa de 12 anos.

A exibição ocorre no espaço Audicine da Unidade Sesc Esplanada, na Av. Pres. Dutra, 4175 às 19h30 com entrada franca. Mais informações pelo (69)3229-6006 ramal Cultura 239.

Comunicação Sesc

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Semana de atividades para a terceira idade começa dia 24 de setembro no Espaço Alternativo


O Presidente do Sistema Fecomércio – Sesc – Senac sr. Raniery Araujo Coelho confirmou para este fim de semana o evento Semana do Idoso desenvolvido pelo Sesc onde os idosos atendidos pelo programa de Assistência do Sesc e entidades voltadas para este seguimento da sociedade participarão de várias atividades incluindo esportes adaptados, atividade culturais, recreativas, serviços de saúde e beleza. Nesse ano o evento ocorre do dia 24 (domingo) com abertura no Espaço Alternativo às 16h e segue até o dia 30 de setembro com atividade concentradas na Unidade Sesc Esplanada em Porto Velho. O objetivo do evento é o intercâmbio, inclusão, estímulo à prática de atividades físicas junto a esse público incluindo a comemoração do Dia Nacional do Idoso (27).

Confira a programação:
24/09 – DOMINGO / HORÁRIO: 16h
LOCAL: ESPAÇO ALTERNATIVO
• ATIVIDADES: MOBILIZAÇÃO DE INCENTIVO A PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS NA TERCEIRA IDADE E ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL. DIVULGAÇÃO DO PROJETO SEMANA DO IDOSO A TODA A COMUNIDADE PRESENTE;
• APRESENTAÇÃO DE DANÇA COM A OFICINA DO MOVIMENTO;

25/09 – SEGUNDA-FEIRA / HORÁRIO: 09h
LOCAL: AUDICINE DO SESC ESPLANADA 
ATIVIDADE:
• MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS

26/09 – TERÇA-FEIRA / HORÁRIO: 14h
LOCAL: SESC ESPLANADA
ATIVIDADES:
• APRESENTAÇÃO CULTURAL;
• APRESENTAÇÃO DO GRUPO VIDA ATIVA SHOW BASQUETE CADEIRANTE 
• APRESENTAÇÃO DAS EQUIPES DOS JOGOS DA 3ª. IDADE;
• TOCHA OLÍMPICA 
• JOGOS DE MESA
• GINCANA

27/09 – QUARTA-FEIRA / HORÁRIO: 14h
LOCAL: SESC ESPLANADA
ATIVIDADES:
• JOGOS ABERTOS – VÔLEI ADAPTADO; 
• CORRIDA DE REVEZAMENTO;
• MANICURE E PEDICURE;
• CURSOS RÁPIDOS DE ARTESANATO;
• CORTE DE CABELO SENAC.

28/09 – QUINTA-FEIRA
HORÁRIO: 14h / LOCAL: SESC ESPLANADA
ATIVIDADES:
• SHOW DE TALENTOS (DANÇA, PIADA, DECLAMAÇÃO, ENTRE OUTROS);
• FORRÓ;
• MAQUIAGEM – SENAC/MARY KAY; 

29/09 – SEXTA-FEIRA / HORÁRIO: 09h
LOCAL: CRAS DONA COTINHA  
ATIVIDADES:
• OFICINA DA MEMÓRIA;
• RECREAÇÃO;
• ALONGAMENTO;  
HORÁRIO: 14h
LOCAL: SESC ESPLANADA
ATIVIDADES: 
• JOGOS ABERTOS – NATAÇÃO ADAPTADO;
• JOGOS ABERTOS – BASQUETE ADAPTADO;
• MASSAGEM.

30/09 – SÁBADO / HORÁRIO: 07h30
LOCAL: CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA ALUÍSIO FERREIRA, SAÍDA PELA AVENIDA PINHEIRO MACHADO, PRESIDENTE DUTRA, TABAJARA E SESC ESPLANADA.
ATIVIDADES: 
• CAMINHADA INTERGERACIONAL;
• CHEGADA NO SESC – LANCHE;
• SHOW MUSICAL ÀS 9h30 NA QUADRA DO SESC

Comunicação Sesc

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Sesc completa 40 anos de atuação em Rondônia


O Sesc em Rondônia foi instituído em 1976 e deu início às suas atividades no ano seguinte, em 13 de setembro de 1977. Na época funcionava como uma Delegacia Executiva com cursos variados e oficinas de teatro em Porto Velho na Av. 7 de Setembro nº 1083 em uma sala da Galeria Central dividindo espaço com o Senac, no então Território Federal de Rondônia. O propósito, seguindo a mesma essência do Sesc no Brasil, foi o de promover uma melhor qualidade de vida aos comerciários e seus familiares.

Ao longo dessas quatro décadas o trabalho do Sesc fez parte da história de Rondônia, adequando-se aos anseios de sua clientela preferencial, os comerciários do comércio de bens, serviços e turismo de Rondônia indo além disso por conta da grande necessidade social por parte de pessoas de todas as classes sociais, de forma que hoje os projetos do Sesc se estendem inclusive a comunidades carentes, dentro do pensamento de colaborar para o desenvolvimento social de todos os brasileiros.

Para atender melhor a demanda de atividades foi construído na década de 80 o Centro de Atividades Sesc Esplanada, que ainda hoje concentra a maioria das atividades de assistência, saúde, educação, cultura e lazer numa área de 16.000m² incluindo o Sesc Escola com capacidade para atender a 800 alunos de educação infantil e ensino fundamental. A partir da década de 90 mais unidades do Sesc foram planejadas para atuar em outras cidades do Estado, assim foram construídos mais cinco centros educacionais Sesc Ler em Ji-Paraná, Pres. Médici, Vilhena, Nova Mamoré e Ariquemes. A partir de 1993 o Sesc passou a ser presidido pelo Presidente da Federação do Comércio do Estado de Rondônia – Fecomércio e pôde assim aumentar seu alcance junto ao comerciário e à toda comunidade.

Hoje em Porto Velho temos o Sesc Unidade Esplanada, Sesc Unidade Centro, Sesc Unidade Campestre, Unidade Móvel OdontoSesc, Unidade Móvel BiblioSesc. Já a segunda cidade com maior estrutura em funcionamento é Ji-Paraná com a Unidade Sesc Ji-Paraná e Unidade Móvel BiblioSesc. Nos municípios de Ariquemes, Nova Mamoré, Pres. Médici e Vilhena funcionam as atividades educacionais do projeto Sesc Ler que durante o ano recebem frequentemente atividade de cultura, lazer, assistência e saúde coordenados pela unidade Sesc Esplanada em Porto Velho.

O Sesc é reconhecido pelo público como detentor de projetos que são referências em atendimento a todos os público como é o caso do Palco Giratório, Sonora Brasil, Sesc Amazônia das Artes, Sesc Partituras, Cine Sesc, Mostra Sesc de Dança, Programa Mesa Brasil, Sesc Mulher, Transando Saúde, Semana do Idoso, Fórum sobre Envelhecimento, Copa Sesc de Esportes, Jocom – Jogos Comerciários, Brincando nas Férias, Turismo Social Sesc RO, OdontoSesc, Sorrindo com Saúde, Sesc Academia, Semana do Meio Ambiente, Semana do Trânsito, Gincomércio, Dia do Desafio e tantos outros que ao longo dos anos tem agregado um valor social sem precedentes para a sociedade alcançando pessoas de todas as idades e fazendo do benefício do bem-estar o maior patrimônio da Instituição.

Outro grande marco da história do Sesc está sendo construído no município de Ji-Paraná onde as obras do Centro de Atividades do Sesc Clementina Galina Coleto estão em execução desde seu início em agosto de 2015 e que em 2018 entram em fase final de entrega. A nova unidade vocacionada para a recreação e o lazer do 2º Distrito possui uma área de 18.976,29 m², sendo 6.907,98 m² de área construída com área térrea e 2º piso. Estrategicamente localizada no centro do estado, possibilitará à população Rondoniense um melhor acesso às atividades do Sesc, tanto para comerciários, como para o público em geral. Segundo o presidente do sistema Fecomércio-Sesc-Senac, sr. Raniery Coelho ‘a nova Unidade Sesc Ji-Paraná consolidará ainda mais o compromisso do sistema em priorizar os comerciários de Rondônia como unidade de referência em excelência no atendimento a este público e à comunidade como um todo’.

As palavras do administrador do Sesc, o presidente Raniery Coelho completam: “Nestes 40 anos de atuação, assim como o Sesc em todo o Brasil, o Sesc em Rondônia tem se mostrado forte e tem suportado todos os desafios a ele impostos e cumpridor de todas as suas propostas e missão social não havendo qualquer dúvida que nos anos à frente continuará a honrar o seu compromisso com a clientela comerciária e a todos os que nele encontram acolhimento”.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Escritor de Vilhena lança o livro ENCANTATÓRIA II no Sesc Centro


Tem início no dia 11 de setembro a Exposição Literária e Lançamento do Livro– “Encantatória II” do escritor vilhenense Bràzz Dy Vinnuh na galeria de artes do Sesc Centro. A exposição com entrada franca e livre para todas as idades segue até o dia 6 de outubro ficando aberta para visitação de 10 às 15h na Unidade Sesc Centro sito à Av. Presidente Dutra, 2765 – Centro de Porto Velho. No primeiro dia haverá o lançamento do livro ‘Encantatória II’ com a presença do artista.

O escritor Bràzz Dy Vinnuh descreve ‘Encantatória II’ como “uma síntese do pensamento à cerca do amadurecimento do sentir. Em relação a si.  Em relação ao outro e em relação ao mundo.” Na presente instalação literária e ambiental, essa correlação texto e imagem tenta introduzir um olhar mais atencioso aos detalhes do dia a dia, convidando cada um para uma reflexão à origem do hoje. De seu trabalho vemos surgir os questionamentos: qual o papel da literatura e o seu real cuidado com o ambiente integral? Como deveria ser a postura do literato em relação ao espaço que ele habita e ocupa? À disposição, 22 poemas intimamente ligados ao sentir. A subliminaridade esculpida na visão de quem lê.

O artista

Bràzz Dy Vinnuh, nasceu Bráz Divino Ferreira da Silva. Adotou Vilhena como sua terra e quase lugar de origem ainda como adolescente. Ainda jovem mantinha um apego ao fazer teatral intuitivo, fazer este que transparecia nas brincadeiras infantis, apresentações pré-escolares, transformando as artes cênicas em linha mestra de suas experimentações. De forma que o teatro foi seu grande motivador e hoje o trabalho de Bràzz Dy Vinnuh apresenta característica próprias, assinando com propriedade suas reinvenções, oferecidas a todos os olhares sem constrangimento. Bràzz utiliza diversas matérias-primas, com as quais “inscreve” seu modo de enxergar o comportamento humano. Irreverente em suas assinaturas, o poeta ambiental resgata sua origem com o glamour do minimalismo sem perder o equilíbrio.

“Nosso intuito dentro das ações de cultura é trazer ao público as obras dos artistas de todo o estado como é o caso do Bràzz Dy Vinnuh de Vilhena. E convidamos todo o público a prestigiar o trabalho desse escritor, essa é a melhor forma de valorizarmos a cultura regional” enfatiza o presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE sr. Raniery Araujo Coelho.


Comunicação Sesc

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Inscrições para a Copa Sesc de Ji-Paraná estão abertas até o dia 31 de agosto

O sistema Fecomércio-Sesc-Senac realiza dos dias 1 a 12 de setembro a Copa Sesc de Ji-Paraná nas modalidades de Futsal Masculino e Volei Feminino. A previsão é de mais de 300 atletas sejam inscritos no evento. As inscrições iniciaram no último dia 22 e vão até 31 de agoso. As equipes que representarão as empresas do comércio de Ji-Paraná podem ser inscrever na competição doando cestas básicas para o programa Mesa Brasil Sesc. O congresso técnico para apresentação do regulamento e discussão de detalhes referentes ao campeonato ocorrerá no dia 31 de agosto às 19h30 no Sesc Ji-Paraná e as competições serão realizadas no Ginásio de Esportes Adão Lamota.



“O objetivo maior desde projeto do Sesc é oferecer aos comerciários locais e outras empresas em geral a oportunidade de participarem de atividades esportivas de forma competitiva, todavia, considerando o espírito de equipe e socialização” salienta o presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Sesc e Fotoclube Rondônia realizam oficina gratuita de fotografia com Miguel Chikaoka

1991, Oficina Caixa mágica, realizada por Chikaoka em Curitiba (PR) @AcervoMiguelChikaoka

O sistema Fecomércio-Sesc-Senac em parceria com o Fotoclube Rondônia realiza nos dias 29 e 30 de agosto a oficina FOTOTAXIA – Em busca do elo perdido com o fotógrafo Miguel Chikaoka. A oficina será ministrada das 8h30 às 12h e das 14h às 18h no Sesc Unidade Centro, sito na Av. Presidente Dutra, 2765. A oficina é gratuita e voltada para Educadores, multiplicadores, fotógrafos, artistas e interessados com vagas limitadas até 18 participantes.

A proposta da oficina é uma imersão no universo da luz como matriz inspiradora, tanto para construção de percursos educativos como em processos de criação. A oficina busca o estímulo ao exercício da percepção e expressão de si e do mundo através de vivências que articulam o potencial humano.

A oficina transcorrerá com o seguinte desenvolvimento: Apresentação: exercício de alteridade; Dinâmicas sensoriais: estímulos e deslocamento dos sentidos da percepção; A luz: materialidade e significados; Propriedades e características físicas da luz; Fontes, propagação, incidência, reflexão e refração da luz; Fotossensibilidade; Câmera obscura pinhole:  a visualização luz-imagem; Fotografia pinhole; Câmera obscura com dispositivo óptico: plano focal e profundidade de foco; Roda de conversa: processos, potencias e possibilidades.

O Fotógrafo

Miguel Chikaoka é paulista e reside em Belém desde a década de 80 onde idealizou a Fotoativa, um núcleo de experimentação, pesquisa e difusão em fotografia. Em 1990 fundou, juntamente com 3 outros fotógrafos, a Agência Kamara Kó, que produz reportagens e documentários sobre temas sócio culturais emergentes na Amazônia. Miguel Chikaoka já realizou exposições individuais e conjuntas em salões e mostras de todo Brasil e exterior e suas obras compõem diversos acervos internacionais. Em 2012, recebeu o Prêmio Brasil de Fotografia e a Comenda da Ordem do Mérito Cultural – MinC por sua contribuição à cultura brasileira.

Ji-Paraná receberá a Mostra Sesc Amazônia das Artes em setembro


O projeto Sesc Amazônia das Artes, completa 10 anos de realização em 2017 sendo o terceiro ano em formato de mostra. Como é tradicional da Mostra estarão presentes as linguagens de teatro, dança, música, literatura, exposição de artes visuais e exibições de filmes. Este será o 2º ano em que as apresentações ocorrerão na cidade de Ji-Paraná com representantes de oito estados da região norte e artistas convidados do Mato Grosso e Piauí.

A proposta do projeto é realizar a circulação e estabelecer intercâmbio da produção cultural da região Amazônica sendo que a programação deste ano do ‘Sesc Amazônia’ terá os seguintes participantes: Orquestra de Beiradão do Amazonas – AM, Aguadeiro – AC, Petite Mort – MA, Ester Sá – PA, Ricardo Nogueira – RR, Diamond Dance Crew - MT, Cia Vostraz de Teatro – MT, In-Próprio Coletito – MT, Bira Lourenço – RO, Vagner Ribeiro e Valor de Pi – PI, 3 Matutos e 1 Arigó – to, Cia Cangapé – AP e Mauricio Pokemon – PI.

As apresentações ocorrerão de 13 a 23 de setembro e estarão concentradas no Teatro Dominguinhos e na praça em frente ao mesmo. Para os espetáculos no teatro a entrada será 1 kg de alimento não perecível. As doações fazem parte das ações assistenciais do programa Mesa Brasil coordenado pelo próprio Sesc.

Vale notar que tem sido imprescindível o apoio da Prefeitura de Ji-Paraná juntamente com a Fundação Cultural de Ji-Paraná para que o projeto seja realizado no município. Estrategicamente localizado no centro do estado Ji-Paraná oferece maior facilidade de acesso por parte de outras cidades disponibilizando as ações de cultura para um número maior de pessoas.

‘Durante dez dias a população de Ji-Paraná e os municípios do entorno poderão apreciar a beleza das produções culturais da nossa região bem como de artistas do Piauí e Mato Grosso. Com isso o sistema Fecomércio reforça atravé do Sesc seu compromisso social de levar arte a todos’, salienta o presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE, sr. Rainery Araújo Coelho.

Programação
13/09
ESPETÁCULO: MÚSICA DE BEIRADÃO
• GRUPO: ORQUESTRA DE BEIRADÃO DO AMAZONAS - AM
• MÚSICA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: PRAÇA EM FRENTE AO TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

14/07
ESPETÁCULO: SOBRE OUTRAS JANELAS E PORTAS
• GRUPO:  AGUADEIRO - AC
• DANÇA
• INDICAÇÃO: 16 ANOS
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

15/09
ESPETÁCULO: AS TRÊS FIANDEIRAS
• GRUPO: PETITE MORT - MA
• TEATRO
• INDICAÇÃO: 14 ANOS
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

16/09
ESPETÁCULO: NINA BRINCADEIRA DE MENINA
• ARTISTA: ESTER SÁ - PA
• LITERATURA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

17 A 23/09
INTERVENÇÃO: EXISTÊNCIA
• ARTISTA: MAURICIO POKEMON - PI
• INDICAÇÃO: LIVRE

17/09
ESPETÁCULO: DUO MARUPIARA
• ARTISTA: RICARDO NOGUEIRA - RR
• MÚSICA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

18/09
ESPETÁCULO: ESSES PESSOA
• GRUPO: DIAMOND DANCE CREW - MT
• DANÇA
• INDICAÇÃO: 16 ANOS
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

19/09
ESPETÁCULO: CONVERSAS DE BOTAS E BATIDAS
• GRUPO:  CIA VOSTRAZ DE TEATRO - MT
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

OFICINA DE PERFORMANCE ‘NÃO CABE MAIS, GENTE!’
• GRUPO: IN-PRÓPRIO COLETITO - MT
• INDICAÇÃO: LIVRE

20/09
ESPETÁCULO: SONS DE BEIRA
• ARTISTA: BIRA LOURENÇO - RO
• MÚSICA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H
PERFORMANCE ‘NÃO CABE MAIS, GENTE!’
• GRUPO: IN-PRÓPRIO COLETITO - MT
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: AV. MARECHAL RONDON

21/09
ESPETÁCULO: ROMANCES D'AMORES ALÉM-MAR NOS SERTÕES DE DENTRO
• ARTISTA: VAGNER RIBEIRO E VALOR DE PI - PI
• LITERATURA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

22/09
ESPETÁCULO: 3 MATUTOS E 1 ARIGÓ
• GRUPO: 3 MATUTOS E 1 ARIGÓ – TO
• MÚSICA
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H

23/09
ESPETÁCULO: SE DEIXAR ELA CANTA
• GRUPO: CIA CANGAPÉ - AP
• CIRCO
• INDICAÇÃO: LIVRE
• LOCAL: PRAÇA EM FRENTE AO TEATRO DOMINGUINHOS
• HORA: 20H


Mais detalhes da programação estão no Facebook Sesc Ji-Paraná RO

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Recital Sol Maior acontece dias 21 e 22 no Teatro 1


Todos os anos a parceria entre a Escola de Música Sol Maior e o sistema Fecomercio - Sesc - Senac traz ao palco do Teatro 1 uma gama de talentos para o deleite do público portovelhence e geralmente falta espaço para acomodar os espectadores que comparecem em massa ao evento. Este ano o sucesso ira se repetir com certea.

Desta vez as apresentações dos alunos da Maior Sol Maior serão nos dias 21 e 22 de agosto às 20h no Teatro 1 localizado no Sesc Unidade Esplanada com entrada franca e livre para todas as idades. Importante lembrar que as senhas de entrada serão distribuídas 1 hora antes do início do evento.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Músicos de Ji-Paraná se apresentarão no Projeto Sesc Partituras


Desde o seu início o projeto Sesc Partituras tem brindado o público de todo o Brasil com belas apresentações musicais de altíssima qualidade, oportunizando de forma gratuita as obras clássicas de compositores brasileiros cujos trabalhos estão na biblioteca virtual do projeto. Vários músicos de Rondônia já passaram pelo projeto, e nessa edição haverá a circulação de músicos do interior à capital e vice-versa.

Dessa forma o Sesc traz de Ji-Paraná o GRUPO UIRAPURU formado por três músicos: Suzana de Rocha Souza Azevedo ao piano; Paulo Sergio Ferreira ao Violoncelo; Wendeon França Rodovalho Silva ao Violino que trazem para esta edição do Sesc Partituras um trabalho com formato camerístico. A apresentação acontecerá no Teatro 1 Sesc, na Unidade Sesc Esplanada no dia 1 de setembro, sexta-feira, às 20h, livre para todos os públicos e com entrada franca. Mais informações podem ser obtidas na fanpage do Sesc Rondônia e pelo fone (69)3229-6006.


Os músicos

Suzana de Rocha iniciou seus estudos em piano erudito no Inst. Victor Neves em Nova Esperança/PR e veio a conclui-los na Escola de Música Sol Maior em 1996. Atualmente é coordenadora de Cultura das Escolas de Rede Municipal de Ensino de Ji-Paraná. Já o violoncelista Paulo Sergio Ferreira além de ter participado em vários projetos musicais no estado, leciona aulas de violoncelo no projeto musical Orquestra em Ação em Ji-Paraná e na Orquestra Sinfônica de Nova Mutum/MT. O violinista Wendeon França atuou como músico na Orquestra Filarmônica Carlos Gomes de Ji-Paraná, Camerata Arcos da Amazônia e Filarmônica da UFPR. Atualmente Wendeon toca no Quarteto de Cordas Uirapuru da Assoc. Amigos da Orquestra e é regente da Filarmônica Orquestra em Ação de Ji-Paraná.


O projeto
O Sesc Partituras é uma biblioteca digital de acesso gratuito e seu acervo conta com obras de 261 compositores eruditos brasileiros perfazendo 2046 partituras em formato digital. O site do Sesc Partituras possui um sistema de busca coerente com necessidades dos estudantes, professores, músicos e pesquisadores o que inclui, além da consulta ao catálogo com suas informações, a visualização e possibilidade de download integral de cada obra musical.

O projeto investe regularmente na pesquisa e editoração de novas partituras através de especialistas visando à preservação e divulgação de acervos históricos, particulares ou institucionais. Todos as obras disponibilizadas no site Sesc Partituras foram autorizadas por seus autores ou são de domínio público. Para saber mais sobre o projeto acesse  http://www.sesc.com.br/portal/site/sescpartituras/home/

Espetáculo de dança “Raízes da Beira” acontece nos próximos dias 24 e 25 no Sesc


Dando continuidade aos projetos de cultura e visando a valorização das manifestações artísticas regionais, acontece nos dias 24 e 25 de agosto o espetáculo “Raízes da Beira” idealizado pelo Núcleo de Danças Populares do Sesc no Teatro 1 Sesc à 20h com entrada franca e livre para todas as idades.


O evento ocorre sob a coordenação da professora e coreógrafa Nara Teixeira do Sesc RO. A apresentação de dança contemporânea traz no contexto um análogo do índio de origem etnicamente presumida e o hodierno índio contemporâneo, do povo de nossa beira de rio cujas raízes são etnias do passado que aqui pertenciam. Conforme Nara Teixeira: a identidade destes não se perderam ao longo do tempo pois suas raízes aqui residem em meio à enorme região amazônica, incluindo Rondônia. O ‘Raízes da Beira’ teve sua primeira apresentação na Mostra Sesc de Dança 2016.

Sesc está com inscrições abertas para a Oficina "Dramaturgia em dança: fazer, escrever, aparecer"

Como parte das ações de aperfeiçoamento do fazer artístico o Sesc realizará a oficina de “Dramaturgia em Dança: fazer, escrever, aparecer" dentro do projeto Sesc Dramaturgias. A oficina será ministrada pela bailarina, performer e jornalista Priscila Maia, do Rio de Janeiro. Com limite de 20 vagas, a oficina acontecerá em duas etapas: 28 a 31 de agosto e 26 a 29 de setembro, das 18h30 às 22h30h, no Teatro 1 Sesc da Unidade Sesc Esplanada. As inscrições já podem ser feitas gratuitamente na Central de Atendimento da unidade para a faixa etária acima de 16 anos. É importante destacar que o participante tem que estar presente nas duas etapas e vir com vestimentas adequadas a realização de exercício prático.

A oficina é destinada a artistas da dança (coreógrafos, dançarinos, performers, figurinistas, iluminadores e cenógrafos), como também artistas de outras linguagens artísticas (atores, pintores, fotógrafos, cineastas, produtores), estudantes e interessados em geral.
O objetivo da oficina é sensibilizar e experimentar a partir da escrita de gestos no tempo e no espaço. Serão trabalhados tópicos que ajudam a ampliar o entendimento do termo dramaturgia, a partir da observação de trabalhos em dança contemporânea e em outras artes, como a fotografia e o cinema. Em paralelo, política e estética caminham juntas; daí a importância em se abordar diferentes contextos de produção – do Brasil e de seus Brasis, da cena europeia à norte-americana. Ao longo dos cinco dias de oficina, serão realizados exercícios práticos para materializar os temas e criar problemas. São as escolhas e as dúvidas que se transformam em escrita artística. Nesta oficina, será associado a teoria à pratica, debate à criação, passado ao presente, tempo ao espaço. Criar em dança inclui olhar, falar, observar, escrever, não se mover e se mover. Ampliar o entendimento de dança e de coreografia. Em última instância, a oficina objetiva contribuir para o fortalecimento de um esquema de trabalho baseado na pluralidade, na cooperação e na democratização do conhecimento entre pares, com o objetivo de construir um espaço onde as singularidades atuem em comum. 

A ministrante Priscila Maia é Carioca, 34 anos. Bacharel em jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e roteirista com especialização na Escuela Internacional de Cine Y Televisión (Cuba), desde 2003 dedica-se às artes vivas e integradas. Formou-se na Escola Angel Vianna e no Centro de Formación Profesional del S.I.C.A. (Argentina). Também atua como pesquisadora e roteirista para projetos audiovisuais nos meios do cinema e da televisão. É fundadora e artífice do Fórum Permanente de Dança do Rio de Janeiro.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Sesc realiza quinta edição do Fórum sobre envelhecimento em Porto Velho

Clique na imagem para ampliar
O Sistema Fecomércio através da Coordenação de Assistência do Sesc desenvolverá a 5ª edição do Projeto “Fórum sobre envelhecimento”, nos dias 31 de agosto e 01 de setembro no Auditório do Senac Esplanada, das 8h às 11h e das 14h às 17h. A programação, visa colaborar com o envelhecimento saudável da população, por meio de palestras, debates e apresentações culturais. Este ano, as oficinas fazem o diferencial do projeto. A abertura conta com performance do Grupo da 3ª Idade do Sesc apresentando um espetáculo cultural.

Com objetivo de intensificar a discussão em torno do processo de envelhecimento, o projeto propõe a população de Porto Velho um olhar crítico sobre o assunto. Os coordenadores de Assistência do Sesc em Rondônia realizarão o evento aberto ao público e contará com a participação de idosos, familiares, profissionais da área e pesquisadores.

A palestra de abertura será ministrada por Aldevan Reis, Coordenador do Trabalho Social com Idosos do Sesc Roraima, que terá como tema “Velhice, perdas e ganhos”. A palestra iniciará às 9h30 e às 10h os debates se iniciarão.

As oficinas do primeiro dia do Fórum, às 14h serão: “Prevenção às quedas” com simulações reais de perigo e “Estimulação cognitiva da 3ª idade” além da Roda de conversa com o tema: “violências veladas”. No segundo dia, pela manhã, às 9h as oficinas serão:  “Intergeracional: Redes sociais e smartphones” e “Exercícios adaptados para idosos”.

A última palestra do evento ocorrerá às 14h, com o tema: “O que você está fazendo da sua velhice? ”. O debate final, acontece às 15h e o encerramento está previsto para às 17h com apresentação cultural. O credenciamento será feito no local nos dois dias de evento. O telefone do Sesc para mais informações é o 3229-6006.


Baseado na estatística populacional, a expectativa é que o número de idosos cresça a cada ano. “Estudos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontaram um aumento significativo no número de pessoas com mais de 60 anos no país e é por isso que o Sistema Fecomércio oferece a esse público, através do Sesc, serviços e atividades com o intuito de contribuir para um envelhecimento digno e com qualidade de vida”, reforça o presidente do Sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE, sr. Raniery Araujo Coelho.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE EXTENSÃO DANÇA-TEATRO

O Departamento de Artes (DARTES) da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e o Sesc - Serviço Social do Comércio – já estão recebendo, de 14/08 a 20/08/2017, as inscrições para o curso de extensão “Dança-Teatro” do Laboratório de Pesquisa em Teatro e Transculturalidade (PAKY´OP). São ofertadas 7 vagas para estudantes regularmente matriculados na UNIR e 13 vagas para a comunidade portovelhense. Os (as) interessados (as) deverão preencher ficha de inscrição online no link: https://docs.google.com/forms/d/1yfRe1GWwbfPqaagEGHye9jah0Rd_eQSr_bqtoVMHXhk/edit

A seleção dos (as) candidatos (as) acontecerá durante as aulas práticas, no período de 28/08 a 27/09/2017, na Sala de Dança do Sesc Esplanada, no horário de 19h30 às 21h30 (segundas e quartas-feiras). Os (as) candidatos (as) devem apresentar-se nas aulas práticas utilizando roupas confortáveis, de preferência neutras.

O curso de extensão “Dança-Teatro”, coordenado pelo professor doutor Luiz Daniel Lerro, visa propiciar a experiência prática de organização cênica a partir dos princípios técnico-expressivos da dança e do teatro.

O foco do curso está na observação da relação, inseparável, entre as emoções humanas e a direção das ações físicas do corpo, no espaço e no ambiente relacional.

O público-alvo são atores/atrizes, bailarinos (as) e pessoas interessadas em trabalhar com o corpo com idade mínima de 20 anos.

A carga horária prevista para o Módulo I é de 60 h/a (4 h/a semanal), atestada pela Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA) e pelo Laboratório de Pesquisa em Teatro e Transculturalidade (PAKY´OP).

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Sesc realiza oficina ‘Dramaturgia da Luz’ com Carla van den Bergen

Dando continuidade à proposta de pesquisas dramatúrgicas, reflexões e intercâmbio entre artistas de teatro, pesquisadores, formadores de opinião e público interessado o sistema Fecomércio – Sesc – Senac através do projeto Sesc Dramaturgias,  realiza a oficina ‘Dramaturgia da Luz’ entre os dias 8 e 12 de agosto com Carla van den Bergen. A atividade acontece no Teatro 1 Sesc Unidade Esplanada, das 18h às 22h. As inscrições são gratuitas para um total de 20 vagas.

A oficina pretende discutir e vivenciar as funções e importância do iluminador e da luz como criador e signo, respectivamente, nas artes cênicas utilizando exercícios de criação de desenhos de luz e será ministrada pela atriz, bailarina, diretora, coreógrafa, produtora e iluminadora Carla van den Bergen. Carla também integrou o corpo docente de instituições como a Escola de Teatro e Dança FAFI, Faculdade de Música do Espírito Santo e o curso superior de Artes Cênicas da Universidade de Vila Velha.

SERVIÇO

Sesc Dramaturgias: Oficina "Dramaturgia da Luz"
Local: Teatro 1 Sesc – Unidade Esplanada (Av. Pres. Dutra, 4175, Olaria)
Data: 8 a 12/8
Horário: 18h às 22h
Inscrições: Central de Atendimento Sesc Esplanada

Informações: (69)3229-6006 ramal 238, 239 (Coordenação de Cultura)

sexta-feira, 28 de julho de 2017

NOTA PÚBLICA DA FECOMÉRCIO-RO E SEUS SINDICATOS FILIADOS SOBRE O AUMENTO DE IMPOSTOS

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio-RO) e seus sindicatos filiados - SINALIMENTOS/RO, SINDIPEÇAS/RO, SINDIELÉTRICO/RO, SINDILOJAS/RO, SINFARMACIA/RO, SECOVI/RO, SIMPER, SIRECOM/RO, SIDIBER, SINGARO, SINVSUL e SEPD-, vem a público manifestar sua posição contrária ao aumento de impostos no País, através da majoração do PIS/Confins pelo Governo Federal. A liminar, que havia suspendido o aumento já foi derrubada, o que vai onerar ainda mais o pesado fardo dos impostos sobre o empresário brasileiro e rondoniense.

O aumento de impostos deve pressionar ainda mais a crise econômica que se estabeleceu no País por conta dos desmandos políticos e da corrupção.

Mais uma vez, a Fecomércio-RO não concorda que os empresários paguem uma conta pelas quais não são responsáveis. Antes, é preciso cortar os gastos desnecessários, eliminar a burocracia e melhorar a gestão dos recursos públicos, através do fim do corte dos privilégios de pequenos grupos, que são sustentados pela maioria.

Rondônia é hoje um dos estados que pagam mais caro pelo preço do combustível e um novo aumento da alíquota poderá inviabilizar não somente o funcionamento de empresas que ainda lutam para se estabelecer no mercado, mas, também penalizar a situação do Estado com a piora na arrecadação de impostos, das vendas e a demissão de pessoal, causando um efeito-reverso nas intenções do Governo Federal. Aumento de impostos não é a melhor maneira de fazer o País crescer.

O aumento de impostos vem na contramão de tudo aquilo que a Fecomércio-RO vem lutando, nos últimos anos, para fomentar o turismo do estado, através do desenvolvimento da viação regional. Inclusive a Federação já havia iniciado entendimentos com o Governo do Estado para a edição de uma nova lei estadual, de acordo com o convênio com o Confaz, que favoreça a diminuição da alíquota do querosene de avião, como forma de baratear custos operacionais das empresas aéreas, melhorando o número de voos e quantidade de assentos, como forma de incentivar o turismo em Rondônia.

Enfim, não é mais possível, sem que o governo diminua seus custos, gerar medidas que impedem o crescimento do País retirando ainda mais recursos do setor privado, onerando, fortemente, o bolso do contribuinte e dos empresários. O Governo Federal precisa encontrar alternativas viáveis que favoreçam o desenvolvimento da economia sem penalizar ainda mais aqueles que geram emprego e renda. Antes de qualquer medida, é preciso que as autoridades da econômica façam o dever de casa, diminuam os custos da administração pública e, sobretudo, ouçam a população para que se encontre a melhor saída para a crise.

Ascom Fecomércio

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Artista Alexandre Américo apresenta ‘Cinzas ao Solo’ nesta quinta-feira (27) no Sesc

Nesta quinta-feira (27), o artista Alexandre Américo, trará o espetáculo ‘Cinzas ao Solo’ com duração de 35 minutos. A apresentação iniciará às 20h no Teatro 1 do Sesc, com classificação etária livre para todos os públicos, os ingressos podem ser retirados uma hora antes do espetáculo mediante a entrega de 1 kg de alimento não perecível.

Esta obra pretende tematizar o entendimento de dança do próprio bailarino. Ao utilizar a metáfora do homem que caminha devorando o "mundo", o intérprete inicia a busca pela sensação de comunhão com o todo, de ancestralidade, de atemporalidade.

Em seu percurso criativo, o bailarino mergulhou em diversos locais de natureza exuberante, lugares sagrados quase nunca tocados, lugares de silencio e força... Na tentativa de tocar o invisível, de encontrar o "ancestral", o primeiro e o último homem que dançou.

Pesquisador, bailarino, criador formado em Licenciatura Plena em Dança e mestrando do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas ambos pela UFRN. É criador e bailarino de diversos trabalhos, sendo algum deles: Que Seja Uno (2011), Ocaso (2012), Marruá (2012), Clono (2013), Ensaio Sobre Decidir (2014), A Cura (Giradança 2014), Myo_Clonus: Compartilhamento (2015) e Dança que Ninguém Quer Ver (Giradança) e Cinzas ao Solo. Atualmente trabalha na Cia. Giradança enquanto assistente de direção e criador.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Grupo local apresentará questões feministas em espetáculo nesta terça-feira (25)

Na próxima terça-feira (25), o grupo de teatro e dança experimental Celeiro Cultural, trará o espetáculo ‘Somos Todos Marias’ com duração de 60 minutos. A apresentação iniciará às 20h no Teatro 1 do Sesc, com classificação etária para 14 anos, os ingressos podem ser retirados uma hora antes do espetáculo mediante a entrega de 1 kg de alimento não perecível.

O espetáculo aborda temas como empoderamento feminino, feminicídio, luto, questões políticas atuais, a fragilização dos direitos feministas numa sociedade patriarcal e machista.  Baseado em pesquisas de histórias reais de mulheres que vivenciaram situações de risco, dor ou engajamento políticos e que trouxeram à tona o debate sobre a figura feminina e seu papel nesta sociedade, visa a retomada da força dos movimentos feministas, naquilo que já se considera uma nova onda. “É um híbrido entre música, performance, teatro, envolvendo a colaboração de muitas mulheres. Uma espécie de performance travestida de show, mas também com os momentos do púlpito, porque existe a demanda da palavra. Um momento de comunhão com as mulheres que estiverem no teatro”.

Espetáculo 'O MILAGRE DAS MÃOS' do Sesc-DF encerrará a agenda de espetáculos do Palco Giratório 2017

O espetáculo de encerramento do Palco Giratório 2017 apresenta o trabalho de pesquisa das técnicas e linguagens das artes cênicas do Grupo de Pesquisa Cênica do Sesc-DF desenvolvido desde 2008 como parte de suas ações de promoção cultural. Em 2016, o grupo desenvolveu e vem apresentando a peça "O MILAGRE DAS MÃOS", baseada na história real da professora Anne Sulivan, que, através da linguagem de libras e muita determinação consegue o milagre de conectar a menina Helen Keller (1880-1968) que ficou cega e surda antes de completar dois anos de idade, ao mundo, superando todas as suas limitações a ponto de se tornar uma grande intelectual. O espetáculo mescla as linguagens de teatro, dança e áudio visual, em uma história que será encenada dia 28/7 no Teatro 1 Sesc às 20h, entrada 1kg de alimento não perecível. Os ingressos estarão disponíveis uma hora antes da apresentação.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Grupo CiaSenha apresenta espetáculo ‘Fui’, neste sábado no Sesc


A próxima atração do Festival Palco Giratório será neste sábado (22). O grupo a se apresentar será ‘CiaSenhas de Teatro’ com o espetáculo juvenil ‘FUI!’. A apresentação iniciará às 20h no Teatro 1 do Sesc, com classificação etária para 12 anos, os ingressos podem ser retirados uma hora antes do espetáculo mediante a entrega de 1 kg de alimento não perecível.

A CiaSenhas excursiona pelo universo juvenil com a montagem ‘FUI!’ livremente inspirado na obra literária Tchick de Wolfgang Herrndorf, com texto e direção de Sueli Araujo. O espetáculo apresenta quatro personagens que se encontram após 15 anos para, através da criação de uma peça de teatro, lembrarem e reviverem as experiências que compartilharam quando eram jovens. Temas como amizade, solidão, confiança e sexualidade são abordados na montagem. Com uma linguagem dinâmica e direta, FUI! Apresenta ao público um recorte sensível sobre ser jovem ontem e hoje. Amizade e memória norteiam a peça que se desenha, também, a partir da relação com quem a vê.

A CiaSenhas de Teatro de Curitiba, criada em 1999, é um coletivo que desenvolve trabalhos continuado de pesquisa e criação teatral. Desde sua fundação a companhia têm se dedicado à investigação da linguagem cênica com enfoque no trabalho do ator-criador paralelo ao desenvolvimento de dramaturgia original em processos compartilhados de criação. A CiaSenhas procura disponibilizar seus espetáculos às mais diferentes plateias e promover ações para o fortalecimento estético e político do teatro de grupo.

Seminário Palco Giratório abordará questões relacionadas às artes cênicas no atual contexto brasileiro e na crise global


Em 2017 comemora-se 20 anos do Projeto Palco Giratório, maior projeto de circulação das artes cênicas do país e 10 anos em formato de festival em Rondônia. Como parte da ação comemorativa foi criado o Seminário Palco Giratório – 20 anos que visa colocar em discussão temas que circundam a prática do projeto nestas 2 décadas e outros ligados à urgência da reflexão no atual contexto em que O Palco Giratório e outras ações artísticas são compostas ou diretamente atreladas.

As mesas temáticas e os palestrantes do seminário irão abordar: 20 anos de projeto x 10 anos de festival em Rondônia, Dramaturgia na Amazônia: migrações e contágios – diálogos (inter) (trans) culturais, Diálogos e interações com artistas, Grupos e públicos: abrindo as cortinas de Rondônia para o Brasil, Mediação cênica: sensibilização dos espectadores para a arte contemporânea e escutação: processos de curadoria do Sesc no Brasil.

O Seminário Palco Giratório 20 Anos será realizado de 27 a 29 de julho no Audicine Sesc Esplanada av. Presidente Dutra, 4175 com entrada gratuita e contará com a presença de representantes do Sesc Nacional, da classe artística local e público em geral. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas na fanpage Palco Giratório RO ou pelo fone (69)3229-6006 – ramal Cultura 238 e 239.

Comunicação Sesc



PROGRAMAÇÃO

SEMINÁRIO PALCO GIRATÓRIO 20 ANOS

Dia 27 de julho de 2017
15h às 17h30

MESA 1 - PALCO GIRATÓRIO: 20 ANOS DE PROJETO X 10 ANOS DE FESTIVAL EM RONDÔNIA

A PROPOSTA A SER DISCUTIDA NESSA MESA É A RELEVANCIA DO PROJETO PALCO GIRATÓRIO PARA O FORTALECIMENTO DAS ARTES CÊNICAS NO BRASIL, COMO SE DEU O PROCESSO DE INICIO DESSE PROJETO, COMO O PROJETO VEM SE TRANSFORMANDO E SE APRIMORANDO AO LONGO DOS ANOS E A IMPORTANCIA E CONQUISTA DO PALCO GIRATÓRIO COMO FESTIVAL NO ESTADO DE RONDONIA.

CONVIDADOS:
ÁLVARO FERNANDES (SESC/PB)
MARIÂNGELA ONOFRE
VICENTE PEREIRA JUNIOR (DEPARTAMENTO NACIONAL SESC-RJ)

MEDIAÇÃO: 
MARYA BRAGA (SESC/RO)


Dia 28 de Julho de 2017
09h às 11h30

MESA 2 – DRAMATURGIA NA AMAZÔNIA: MIGRAÇÕES E CONTÁGIOS – DIÁLOGOS (INTER) (TRANS) CULTURAIS

A PROPOSTA A SER DISCUTIDA NESSA MESA É PROPOR UM DEBATE SOBRE UMA AMAZÔNIA REFÚGIO - MARCADA POR TRÂNSITOS, DESLOCAMENTOS, FLUXOS MIGRATÓRIOS, EXPLORAÇÃO - E SUAS APROXIMAÇÕES E CONTRADIÇÕES COM A TENDÊNCIA GLOBAL DE DESLOCAMENTOS DE REFUGIADOS QUE DENUNCIAM A GRANDE CRISE DO SÉCULO.

CONVIDADOS:
CONRADO DESS (PERFORMATRON/SP)
FABIANO BARROS (SESC/RO)
JUNIOR LOPES (UNIR/RO)

MEDIAÇÃO: 
GENÁRIO DUNAS (SESC/AP)


Dia 28 de Julho de 2017
15h às 17h30

MESA 3 – DIÁLOGOS E INTERAÇÕES COM ARTISTAS, GRUPOS E PÚBLICOS: ABRINDO AS CORTINAS DE RONDÔNIA PARA O BRASIL

A PROPOSTA A SER DISCUTIA NESSA MESA É PROPORCIONAR AOS ARTISTAS QUE JÁ CIRCULARAM PELO PALCO GIRATÓRIO UM ESPAÇO DE FALA, ONDE POSSAM RELATAR A SUA EXPERIENCIA, APONTAR PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS, DESTACAR O IMPACTO QUE ESSA CIRCULAÇÃO CAUSOU, ALÉM DE SER UM ESPAÇO PARA PENSAR NA CONTINUIDADE DO GRUPO APÓS A PARTICIPAÇÃO NO PROJETO.

CONVIDADOS:
BIRA LOURENÇO (O IMAGINÁRIO/RO), GISELE STERING E EULES LYCAON (BOI DE PIRANHA/RO), RODRIGO VRECH, CLAUDIO ZARCO, ANDRESSA SILVA, ELIZEU BRAGA E RAONI AMARAL (BERADERA COMPANHIA DE TEATRO/RO) - PARTICIPAÇÃO VIA VIDEO

MEDIAÇÃO: 
EDNEA MARIA BARBOSA DE SOUZA (SESC/GO)


Dia 29 de Julho de 2017
15h às 17h30

MESA 4 – MEDIAÇÃO CÊNICA: SENSIBILIZAÇÃO DOS ESPECTADORES PARA A ARTE CONTEMPORÂNEA

A PROPOSTA A SER DISCUTIDA NESSA MESA É PENSAR COMO A ARTE CÊNICA CONTEMPORANEA É MUITAS VEZES (IN) COMPREENDIDA PELO GRANDE PUBLICO, E DE QUE FORMA PODEMOS ATUAR NA MEDIAÇÃO DESSAS OBRAS ARTISTICAS, APROXIMANDO OS ESPECTADORES DE NOVAS FORMAS DE FAZER E PENSAR ARTE NA CONTEMPORANEIDADE.

CONVIDADOS:
ISABEL PENONI (CIA MARGINAL / RJ)
NEY WENDELL (UNIVERSITÉ DU QUÉBEC À MONTREAL-UQAM / CANADÁ)
RITA AQUINO (UFBA/BA)

MEDIAÇÃO: 
GENÁRIO DUNAS (SESC/AP)

Dia 29 de Julho de 2017
19h às 21h30

MESA 5 – ESCUTAÇÃO: PROCESSOS DE CURADORIA DO SESC NO BRASIL

A PROPOSTA A SER DISCUTIDA NESSA MESA SÃO AS FORMAS DE SELEÇÃO E INDICAÇÃO DE ESPETÁCULOS PARA A CURADORIA DOS PROJETOS NACIONAIS DO SESC, ABRINDO UM ESPAÇO DE DIÁLOGO E INTERAÇÃO COM TODOS OS INTERESSADOS E PENSANDO FORMAS DE APROXIMAR O SESC DOS AGENTES CULTURAIS. TODOS OS PRESENTES PODERÃO SE MANIFESTAR E OS CONVIDADOS ESTARÃO A DISPOSIÇÃO PARA ESCLARECER A RESPEITO DAS QUESTÕES QUE SURGIREM.

CONVIDADOS:
ÁLVARO FERNANDES (SESC/PB)
EDNEA MARIA BARBOSA DE SOUZA (SESC/GO)
GENÁRIO DUNAS (SESC/AP)
MARYA BRAGA (SESC/RO)
VICENTE PEREIRA JUNIOR (SESC/DN)

MEDIAÇÃO: 
ANDRESSA BATISTA (SESC/RO)

Programação com mais informações na fanpage:
Outras informações no Blog
Site nacional
http://www.sesc.com.br/portal/site/PalcoGiratorio/2017/Espetaculos/

Postagens populares (5 mais recentes)